Lote 1-0
Leilão: #5383
Conectado
   Aberto 1393621000
Apartamento em Santo Amaro/SP
Encerra em:
02/02/2017 14:16:00
Hoje: 17/01/2017 - 11:08:59
 

Leilão de Apto nº 8, localizado no 1º andar do Ed. Maria Ângela Atallah, O imóvel possui: sala, 02 dormitórios, cozinha, banheiro e terraço, contendo A.P. 53,42m². O apto é sem elevador e sem vaga de garagem

São Paulo - SP
24ª vara Cível da Comarca da São Paulo
  • Habilitados
    0
  • Visitas
    32
  • Lances
    0
  • Lance Inicial:
    R$ 202.893,82
  • Incremento mínimo:
    R$ 2.000,00
  • Comissão Leiloeiro:
    R$ 10.144,69 (5%)
  • Dar Lance

Mais Detalhes do Lote:

BEM: Apartamento nº 8, localizado no 1º andar ou 3º pavimento do Edifício Maria Ângela Atallah, situado na Rua Brasílio da Luz ou Brasílio Luz, nº 301, no Subdistrito de Santo Amaro. O imóvel possui: corredor, sala, 02 dormitórios, cozinha, banheiro e terraço, contendo área construída de 53,42m² e área comum de 11,22m² as quais somam a área total de 64,64m², e com uma quota parte ideal no terreno, dependências e serventias de uso comum correspondente a 0,05609. De acordo com laudo de avaliação o apartamento é sem elevador e sem vaga de garagem. Contribuinte: 087.320.0073-1. Consoante pesquisa realizada perante o site da Prefeitura de São Paulo não constam débitos inscritos em dívida ativa, tampouco débitos de IPTU, na presente data (18/10/2016). Valor da Avaliação: R$ 289.848,31 (duzentos e oitenta e nove mil oitocentos e quarenta e oito reais e trinta e um centavos) em outubro/2016 atualizado pela tabela prática do TJSP. Matrícula Atualizada: Consta na R3 que o imóvel objeto da presente matrícula foi objeto de venda a Marcelo Scheffer Monteiro (CPF/MF: 143.886.618-64) e sua mulher Priscila Dantas Scheffer Monteiro (CPF/MF: 185.151.398-12). Consta na R7 que o imóvel objeto da presente matrícula foi vendido para Maria Lúcia Scheffer Monteiro (CPF/MF: 298.086.638-50). Consta na Av. 8 que a alienação registrada sob o número 3 foi feita em fraude à execução, tendo sido declarada ineficaz em relação ao exequente, de acordo com mandado extraído dos autos nº 0186028-05.2002.8.26.0100. Débitos de IPTU: Eventuais débitos tributários ficam sub-rogados no respectivo preço alcançado pela arrematação, nos termos do parágrafo único do artigo 130, do Código Tributário Nacional. Débitos da ação: R$ 13.765,58 de acordo com a inicial de 2002, valores que deverão ser atualizados para a data da arrematação e pelo qual responderá o produto da arrematação. Em havendo saldo remanescente, responderá pela diferença o executado nesta ação. OBS: Compete ao interessado no bem eventual pesquisa de débito junto aos diversos Órgãos.

Comitente:
24ª vara Cível da Comarca da São Paulo
Valor de Avaliação:
R$ 289.848,31